COMPRE NAS DROGARIAS LETÍCIA

COMPRE NAS DROGARIAS LETÍCIA
DIREÇÃO ANTÔNIO CARLOS

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VIDA+MED DIRETOR PRESIDENTE ORLEANS DANTAS

VIDA+MED DIRETOR PRESIDENTE ORLEANS DANTAS
ITABUNA-BA

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

FERNANDO PEDE APOIO DE VEREADORES PARA “MUDAR QUADRO” DE ITABUNA

Prefeito apresentou dados do endividamento municipal e revelou a intenção de uma PPA envolvendo a Emasa


O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, conta com os vereadores para conseguir emplacar projetos, atrair empresas e realizar obras e assim “mudar o quadro da cidade”. No Plenário Rayundo Lima, nessa quarta, 15, FG informou que as dívidas previdenciária e trabalhista do município passam de R$ 40 milhões, inadimplência que dificulta a atração de investimentos. Somado a isso, Emasa e Hospital de Base, conforme o prefeito, registram débitos de R$ 110 milhões e R$ 33 milhões, respectivamente.

Aos membros do Legislativo, Fernando declarou que pretende construir 02 unidades de pronto atendimento (UPAs 24h), 08 creches, 01 passarela sobre o Rio Cachoeira (na Ilha do Jegue) e outras obras. O prefeito quer ainda recuperar logradouros (como feiras livres e a barragem de Itamaracá), pavimentar ruas. “Sem projetos não adianta ir a Brasília”, frisou ao comunicar a viagem que fará em busca de apoio federal no mês que vem.

Fernando revelou a intenção de Parceria Público-Privada (PPP) para o saneamento (água/esgoto). A proposta, contudo, terá que ser apreciada pelos vereadores. Em 2016, a Câmara rejeitou projeto que visava transferir a gestão da Emasa para o Governo da Bahia. Ontem, além do débito milionário da empresa, Fernando Gomes reclamou contra o desperdício de 55% da água (desde a captação no rio até as torneiras dos itabunenses) quando o recomendável é 10%. Segundo o gestor, o ideal seria trocar toda a tubulação danificada da cidade.     

PESAR POR JOSÉ ADERVAN
Antes do discurso de Gomes, o presidente da Casa, Chico Reis (PSDB), homenageou o jornalista José Adervan de Oliveira (74) com um minuto de silêncio. Adervan faleceu no domingo, 12, em decorrência do câncer de próstata. O jornalista atuou por décadas na imprensa grapiúna por meio do jornal o Agora. Ao término da homenagem da Mesa, houve aplausos do público e das autoridades - entre estas secretários e ex-vereadores.

Bastidores da Sessão de Abertura dos trabalhos 



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário