PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Ingressos para show de Roberto Carlos em Salvador estão à venda a partir de R$ 20


Ingressos para show de Roberto Carlos em Salvador estão à venda a partir de R$ 20
Foto: Divulgação
Depois da etapa de pré-venda, o público baiano já pode adquirir, a partir desta quinta-feira (30), os ingressos para o show de Roberto Carlos, que acontece na Arena Fonte Nova, dia 29 de novembro.  O valor da entrada varia de R$ 20 a R$ 500. Confira mais informações na coluna Cultura.

Parabéns ao radialista Roberto de Souza hoje,(30) é seu dia!

                                      Dr.Alex,Roberto de Souza e Osvaldo Bispo

Feliz aniversário!

Agência do Banco do Brasil é assaltada


Agência do Banco do Brasil é assaltada em Uauá
Foto: Leitor do Jaguararia Acontece
A agência do Banco do Brasil da cidade de Uauá, nordeste do estado, foi assaltada na manhã desta quinta-feira (30). De acordo com informações do blog do Geraldo José, 12 pessoas teriam sido feitas reféns pelos criminosos. Uma câmera localizada próximo ao local flagrou o momento em que os assaltantes fugiam do banco, com quatro homens fortemente armados.

Síndico de condominio é morto com golpe de faca dentro de seu apartamento

Tiroteio: acusados de tráfico morrem após confronto com policiais

 
Dois homens morreram na madrugada desta quinta-feira (30) após uma troca de tiros com policiais militares no bairro Queimadinha, em Feira de Santana.
Segundo informações da polícia, cerca de cinco homens armados, envolvidos com o tráfico de drogas no bairro, iniciaram a troca de tiros quando avistaram a viatura. Os policiais reagiram e dois homens, identificados como Pandaia e Mikael, foram atingidos e socorridos para o Hospital Geral Clériston Andrade, mas não resistiram aos ferimentos.
O fato aconteceu por volta das 2h na 2ª Travessa Rondônia. Os autos de resistências (morte em confronto com a polícia) foram registrados por policiais civis da Delegacia de Homicídios.
Fonte: Acorda Cidade

Copa do Brasil "Flamengo 2 x 0 Atlético-MG": Veja os gols




O Flamengo conseguiu um passo muito importante para chegar à segunda final de Copa do Brasil seguida. Mais uma vez tendo o apoio da torcida no Maracanã como trunfo, o Rubro-Negro foi eficiente, conseguiu superar a eficiência de Victor e venceu o Atlético-MG por 2 a 0, nesta quarta-feira, no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil. Cáceres e Chicão foram dois dos heróis da noite, mas dividem o protagonismo com Gabriel, que participou das jogadas que originaram os gols do Fla. O jogo de volta é na próxima quarta-feira, dia 5 de novembro, no Mineirão. O Flamengo pode até perder por um gol de diferença que estará na decisão. Só que nem tudo está perdido para o Galo. Para quem tem memória curta, também foi por 2 a 0 que o time mineiro perdeu na ida contra o Corinthians e, mesmo assim, conseguiu passar de fase.

Justiça proíbe PM de usar balas de borracha em protesto


A Justiça de São Paulo proibiu, por meio de liminar, que a Polícia Militar utilize balas de borracha em manifestações nas ruas. A decisão é do juiz Valentino Aparecido de Andrade, da 10ª Vara da Fazenda Pública da capital, que atendeu a pedido da Defensoria Pública de São Paulo. Na decisão provisória, o juiz obriga os policiais militares a usarem identificação visível com o seu nome e posto, e libera que as manifestações sejam filmadas pela corporação. Ele entende que “sprays de pimenta e gases podem, eventualmente, ser utilizados, mas em casos extremos”. Segundo o juiz, dispersar uma manifestação só deve ocorrer em casos graves, “em que as circunstâncias demonstrem inequivocamente que a ordem pública esteja a sofrer forte abalo”. O conjunto de medidas, acrescentou o juiz, pretende “garantir o legítimo exercício do direito fundamental de reunião [manifestação]”. Em sua decisão, o juiz diz que a Polícia Militar não soube agir durante os protestos no ano passado. “Era mesmo de se esperar que a Polícia Militar do Estado de São Paulo não soubesse agir diante dessas reuniões populares, porque o fenômeno sociojurídico era, entre nós, novo”. disse. Após a publicação da decisão, a Polícia Militar terá o prazo de 30 dias para informar, publicamente, um plano de ação em protestos, sob pena de multa de R$ 100 mil por dia. Por meio de nota, a Polícia Militar informou que vai recorrer da decisão. “A Polícia Militar de São Paulo atua dentro dos estritos limites da lei e segundo padrões reconhecidos internacionalmente. A decisão judicial é provisória e será enfrentada por recurso próprio”, informou o órgão. (Agência Brasil)

Manchetes dos Jornais



A Tarde
Rui anuncia secretariado reduzido até 10 de dezembro

Correio da Bahia
Família aguarda liberação de corpo há mais de um ano

Tribuna da Bahia
Anunciada a equipe de transição do governo da Bahia

O Globo
Na primeira reunião após eleição, Copom eleva juros para 11,25%

Folha de São Paulo
Renan diz que Senado derrubará decreto que cria conselhos populares

O Estado de São Paulo
Dilma viaja para a Bahia para descansar após vencer eleição

Correio Braziliense
Greve de agentes da Papuda faz Secretaria cancelar visita de familiares de presos

Valor Econômico
Alckmin pedirá ajuda de Dilma para enfrentar crise da água

Estado de Minas
Lula rechaça teoria de que país estaria dividido

Jornal do Commercio
TAP pede que passageiros remarquem voos agendados para dias de paralisação

Zero Hora
Vídeo mostra que Sarney teria votado em Aécio

Brasil Econômico
Senado aprova MP que desonera folha de pagamento

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Deputado que não se reelegeu se diz 'desmotivado' e renuncia ao mandato


Fernanda CalgaroDo G1, em Brasília
O deputado federal Carlos Souza (PSD-AM) (Foto: Gustavo Lima/Câmara dos Deputados)O deputado federal Carlos Souza (PSD-AM) (Foto:
Gustavo Lima/Câmara dos Deputados)
O deputado federal Carlos Souza (PSD-AM) renunciou nesta quarta-feira (29) ao mandato parlamentar. Ele se diz “desmotivado” por não ter conseguido se reeleger.
A carta de renúncia foi lida no plenário da Câmara dos Deputados pelo deputado Inocêncio Oliveira (PR-PE), que presidia a sessão.
"Resolvi tomar a decisão de antecipar minha renúncia ao cargo de deputado federal em virtude de não ter logrado êxito nas eleições", escreveu Souza na carta de renúncia. “Sinto-me desmotivado para continuar no exercício do cargo".
Segundo ele, "por compreender o recado das urnas”, ele não se sentiria “confortável em permanecer mais esses meses sem corresponder às expectativas em mim depositadas pelo povo amazonense”.
A renúncia se deu logo depois de processo contra ele no Supremo Tribunal Federal (STF) por tráfico de drogas ter sido colocado em pauta.
Mas a renúncia não deve impedir que Souza continue a ser julgado pelo STF, mesmo sem o foro privilegiado. Isso porque os ministros já decidiram em outro caso de renúncia parlamentar que, quando a renúncia se dá após a apresentação das alegações finais da defesa, o processo não volta para instâncias inferiores da Justiça.
Segundo a Câmara, Carlos Souza estava no terceiro mandato como deputado. Quem assumirá no lugar dele é Luiz Fernando Sarmento Nicolau, também do PSD-AM, que já foi deputado federal e usava o nome parlamentar de Dr. Luiz Fernando. Ele terá 30 dias para assumir o mandato, que se encerra em 31 de janeiro de 2015.

Coreia do Norte fuzila membros do governo por verem novelas


Cerca de 50 pessoas, incluindo integrantes do governo e militares, foram publicamente executadas na Coreia do Norte desde o início do ano. Entre elas estão 10 membros do Partido dos Trabalhadores da Coreia, liderado por Kim Jong-un, que foram fuzilados por "crimes contra o Estado". Eles foram acusados, por exemplo, de praticar suborno, cometer atos promíscuos e assistir novelas sul-coreanas. As informações são do Telegraph. Parte dos funcionários mortos eram próximos de Jang Song-thaek, tio de Kim Jong-un, que foi preso em dezembro de 2013 e posteriormente executado. A eliminação contínua de aliados de Jang, de acordo com o jornal, indica que o Kim tem se "livrado" de possíveis fontes de oposição para construir sua própria base de poder. Desertores da Coreia do Norte disseram ao Telegraph que versões piratas de programas de televisão sul-coreanos e chineses estão amplamente disponíveis no "mercado negro" local. Embora o governo faça esforços para impedir que seus cidadãos conheçam a vida fora das fronteiras, de acordo com elas, a proliferação de celulares e mídias eletrônicas facilitaram a influência estrangeira. Os detalhes sobre as execuções foram fornecidos pelo Serviço de Inteligência da Coreia do Sul em um relatório entregue ao parlamento na terça-feira. O documento mostra ainda que mais de 200 policiais da artilharia do exército norte-coreano foram rebaixados devido à "pouca precisão" em exercícios de treinamento. (Terra)