COMPRE NAS DROGARIAS LETÍCIA

COMPRE NAS DROGARIAS LETÍCIA
DIREÇÃO ANTÔNIO CARLOS

VIDA+MED DIRETOR PRESIDENTE ORLEANS DANTAS

VIDA+MED DIRETOR PRESIDENTE ORLEANS DANTAS
ITABUNA-BA

ROTA TRANSPORTES COM VOCÊ NOS CAMINHOS DA VIDA

ROTA TRANSPORTES COM VOCÊ NOS CAMINHOS DA VIDA
ROTA TRANSPORTES COM VOCÊ NOS DA CAMINHOS DA VIDA DIRETOR PRESIDENTE PAULO CARLETO

sábado, 12 de maio de 2018

Gilmar Mendes ordena soltura de Paulo Preto, apontado como operador do PSDB


Gilmar Mendes ordena soltura de Paulo Preto, apontado como operador do PSDB
Foto: Antônio Cruz/ Agência Brasil
O ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, deu liberdade a Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto, apontado pela Operação Lava Jato como operador de propinas para o PSDB. A informação é do jornal Folha de S. Paulo. Ex-diretor da Dersa, Paulo Preto foi preso pela Polícia Federal no começo de abril, por suspeita de coagir uma mulher acusada no processo que investiga desvio de recursos de R$ 7,7 milhões da empresa entre 2009 e 2011 (governos José Serra e Geraldo Alckmin). O montante era destinado ao realojamento de famílias desalojadas pela Dersa para a construção do Rodoanel, obra realizada na gestão do tucano José Serra (2007-2010). O Ministério Público Federal (MPF) de São Paulo pediu a prisão preventiva de Souza e outros quatro suspeitos por formação de quadrilha, peculato e inserção de dados falsos em sistema público de informação. O ex-diretor da Dersa foi citado por sete delatores das empresas Odebrecht, Andrade Gutierrez e pelo operador Adir Assad, que o apontaram como operador de José Serra (PSDB-SP) em desvio de recursos da obra viária.  Ele apareceu em depoimentos de outros três executivos da OAS e da Queiroz Galvão que negociam acordo com procuradores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário