COMPRE NAS DROGARIAS LETÍCIA

COMPRE NAS DROGARIAS LETÍCIA
DIREÇÃO ANTÔNIO CARLOS

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Empresários e aeroclube debateram sobre a instalação de um aeródromo em Itabuna





Durante a Reunião Ordinária realizada esta semana, na Associação Comercial e Empresarial de Itabuna - ACI, o executivo da empresa RR76 Aviation, Ricardo Campos, que é habilitado pela Agência Nacional de Aviação Civil – Anac apresentou aos empresários e representantes do aeroclube de Itabuna informações técnicas para que o aeroporto Tertuliano Guedes de Pinho possa operar como um aeródromo.

O equipamento, segundo ele, “possui um excelente estado da pista, a preservação da faixa nas laterais, sem obstáculos e principalmente a baixa densidade de edificações no entorno”. Soma-se a isso, a inexistência de obstáculos nas rampas de aproximação e decolagem, sendo a pista 1000 metros de comprimento para pouso e 1.500 metros para decolagem.

De acordo com o gerente do Aeroclube de Itabuna, Comandante Assis, o aeródromo será utilizado para pouso e decolagem em operação visual diurna, destinada a aeronaves de pequeno porte, principalmente UTI aérea.

Em um contato feito com a Prefeitura Municipal de Itabuna, o Comandante declarou que o prefeito Fernando Gomes já sinalizou favorável pela abertura do aeródromo, que deverá ser gerenciado pelo próprio Aeroclube de Itabuna.

O próximo passo, segundo ele, é a assinatura do contrato de arrendamento, que transfere a administração da área do aeroporto para o Aeroclube de Itabuna, sem custos para o município. Todo investimento para o funcionamento do aeródromo será feito pelo setor privado.

O presidente da ACI, Ronaldo Abude e demais empresários presentes acreditam que a instalação do aeródromo é “uma grande oportunidade para atração de vários investimentos, gerando emprego e renda”. Ainda segundo Abude, “o aeródromo irá prestar serviços importantes na área de saúde como UTI aérea e viabilizar transplante de órgãos”.



Nenhum comentário:

Postar um comentário