COMPRE NAS DROGARIAS LETÍCIA

COMPRE NAS DROGARIAS LETÍCIA
DIREÇÃO ANTÔNIO CARLOS

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Dois morrem e quatro ficam feridos após perseguição policial

Dois morrem e quatro ficam feridos após perseguição policial na Boca do Rio
Foto: Gabriela Cruz/ Correio
Duas pessoas morreram e quatro ficaram feridas na noite desta quinta-feira (2) após uma perseguição policial no bairro da Boca do Rio. Segundo informações do jornal Correio, a polícia afirma que três suspeitos estavam em um veículo já conhecido na região por ser usado em assaltos, assaltaram cinco pessoas na Estrada das Barreiras e tentaram roubar mais três pessoas na Boca do Rio. Nesse momento, uma viatura da 39ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Boca do Rio), percebeu a movimentação e iniciou a perseguição na Rua Simões Filho. Houve troca de tiros. O grupo, em um Cross Fox branco, com restrição de roubo, placa OUI-3900, acelerou e colidiu contra um Siena branco que entrava na rua, saindo da Abelardo Andrade. O Crossfoz capotou e atingiu quatro pessoas na calçada de um imóvel residencial. Edelzuita Cerqueira, de 53 anos, foi uma das vítimas e morreu no local. As outras três pessoas, Lindinalva de Assis, 39, um idoso identificado como Manuel Pereira da Silva, e Talia Almeida Vieira, 19, foram socorridas para o Hospital Geral do Estado (HGE). O ocupante do Siena atingido pelo Crossfox, teve ferimentos leves e foi levado ao posto de saúde do Marback. Ele foi identificado como Airton Cesarrone Bruno, 22. Um dos assaltantes também ficou ferido e morreu enquanto era socorrido para o HGE. Sua identidade não foi divulgado pela polícia. Os outros dois conseguiram fugir. "Os dois meliantes conseguiram fugir porque, para a Polícia Militar, o que é mais importante é a vida. Por isso, de imediato, optamos por prestar socorro às vítimas", disse o capitão Thomas, da Operação Apolo da Polícia Militar. A ação foi ouvida pelo irmão de uma das vítimas, pelo celular. Uma administradora de 42 anos, moradora da bairro, estava ao telefone com o irmão quando foi abordada, na Rua Heitor Dias, na Boca do Rio. O celular foi levado, mas o irmão da vítima não encerrou a ligação e acompanhou a sequência dos fatos. Após roubar o celular da administradora na Boca do Rio, o grupo seguiu para a Estrada das Barreiras e, depois, retornou à Boca do Rio. Ao menos mais cinco pessoas foram abordadas. O rapaz chegou a ouvir os tiros e o capotamento. A vítima encontrou o irmão em casa e foi até a 9ª Delegacia (Boca do Rio) para registrar o roubo, onde encontrou outras nove pessoas que haviam sido assaltadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário