COMPRE NAS DROGARIAS LETÍCIA

COMPRE NAS DROGARIAS LETÍCIA
DIREÇÃO ANTÔNIO CARLOS

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VIDA+MED DIRETOR PRESIDENTE ORLEANS DANTAS

VIDA+MED DIRETOR PRESIDENTE ORLEANS DANTAS
ITABUNA-BA

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

2016 NÃO FOI UM ANO BOM PARA OS DADOS DA AIDS EM ITABUNA


O Cerpat tem contribuído muito para conter a propagação de Aids em Itabuna
Itabuna registrou 149 novos casos de Aids, apenas de janeiro até o dia 21 de julho em 2016, segundo os dados do Centro de Referência em Prevenção, Assistência e Tratamento de DSTs do município (Cerpat). O número registrada é de 20 casos de pessoas portadoras do vírus HIV a mais que em todo o ano de 2015. Os índices são preocupantes, já que o ideal seria que não houvesse nenhum novo caso da doença. E é com a intenção de alcançar esse objetivo, bem como esclarecer a população sobre as formas de tratamento da enfermidade, que o Cerpat promove constantes campanhas de prevenção em escolas, associações e com ações diversas em eventos festivos e onde haja aglomerações de jovens. Como todos sabem, o diagnóstico precoce dificulta o desenvolvimento e diminui a taxa de transmissão do HIV. Ao ser comprovada a doença, o Cerpat oferece de imediato todo o tratamento. Isso significa que o paciente tem total amparo para que tenha uma vida melhor e de qualidade. Como muitos dizem, o que mata não é o HIV/Aids, o que mata é o preconceito. Todos precisam ter essa conscientização, além de lembrar sempre que o método mais eficaz contra essa doença é o uso do preservativo. O tratamento é fundamental e o urologista Júlio Brito explica que é possível viver bem mesmo com o vírus. "Temos pacientes aqui com 20, ou mais de 20 anos, vivendo perfeitamente bem sem nenhum problema. Isso graças ao surgimento dessas novas drogas", disse. O Ministério da Saúde prevê que para cada caso identificado, deve haver cinco que não é identificado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário